Margarita Barrientos por Juan Doffo

Mão amiga

Margarita Barrientos fotografada por Juan Doffo.
Peça:
Ninho. Sulfurada e prata polida. 8 x 35 x 35 cm.

BIO

Margarita Barrientos (12 de outubro de 1951, Añatuya, Santiago del Estero) é um assistente social argentino, fundador da cozinha da sopa de Los Piletones.

Primeiros anos

Ele nasceu em 12 de outubro de 1951, em uma família humilde na província de Santiago del Estero, numa aldeia perto de Añatuya. Sua mãe morreu da doença de Chagas, quando ela era criança. Existem diferentes versões sobre o rescaldo: uma versão indica que seu pai deixou-os após este episódio, e ela passou através de Buenos Aires, para então resolver em Comodoro Rivadavia, onde dedicou-se a tarefas domésticas. Enquanto outras versões falam de que viajou diretamente de Añatuya a Comodoro. No entanto, sua irmã Nélida desmente a algumas de suas declarações, indicando que a Daisy fugiu de sua casa enquanto a mãe dele ainda estava doente e convalescente.

Caminho

Contraiu matrimônio com Isidro Antunez e 9 filhos próprios e 3 aprovou. Em 1996 ele se mudou para o bairro de Los Piletones, no sul da cidade de Buenos Aires.  Começou com as tarefas da Comunidade sala dando comida para 15 pessoas, que iria crescer até a 1200 hoje. Naquele tempo manteve a sala de jantar e sua casa baseada o cirujeo. Mais tarde, eles começaram a receber doações de dinheiro e bilhetes para disco de supermercados supermercado.

Posteriormente, foram adicionados para as instalações de sala de jantar, como o berçário de San Cayetano, o centro de saúde Angela Palmisano e um centro de dia

dos avós. A Fundação Dr. Enrique Rossi apresenta uma nova proposta vinculada à arte com o objetivo de conscientização sobre a importância do auto-exame na prevenção do câncer de mama. Nesta ocasião será catorze esculturas criadas especialmente para o #ArtistaEnMetal #Marcelo Toledo, que inspirou a mão das mulheres convocada, como talento especial de cada um, o que representa cada peça. A partir disso, eles foram fotografados pelos fotógrafos argentinos, criando esta exposição inovador cuja missão é aumentar a conscientização do simbólico, para a prevenção do câncer de mama, pois estão nas mãos de mulheres que conseguem, através da deteção adiantada do auto exame da doença.

"Nas mãos dessas mulheres representam nas mãos de todas as mulheres, buscando mobilizar a consciência e formando a ideia de que cada um é único e irrepetível, que pode ser distinguido de outras mulheres, por sua atividade, por suas características pessoais ou sua textura, mas que dada a possibilidade de contrair câncer de mama, todos se tornam iguais.

Salvar

Marcelo Toledo

En este momento estoy trabajando en la mejor de mís obras!

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(+54 11) 43 62 08 41
Humberto 1º 462
C.P. 1103ACJ San Telmo
Buenos Aires, Argentina

Newsletter